Demência

A demência ocorre por uma alteração no sistema nervoso central, é mais comum de acometer pessoas idosas, principalmente quando apresentam surdez, o que favorece o aparecimento de demências. Além de tornar o idoso cada vez mais independente em suas funções diárias e naturais, manter sua qualidade de vida.

São fatores que ajudam a identificar algum tipo de demência:

Dificuldade ao engolir/deglutir alimentos;

 Esquecimentos e nomes e palavras;

 Substituição de termos;

 Falta de higiene pessoal;

 Impaciência;

 Repetição de palavras;

 Dificuldade de ler e escrever;

 Mudanças no humor.

Além de sinais físicos, que ajudam ao fonoaudiólogo a obter um diagnóstico, que são:

– Rigidez;

– Tremor;

– Perda da empatia e simpatia.



São demências que a fonoaudiologia trata: Mal de Alzheimer (sendo o tipo mais comum de demência), AVC
– Acidente Vascular Cerebral, Doença de Corpos de Lewy, Hidrocefalia de Pressão Normal, Esclerose Múltipla, entre outras.


O profissional fonoaudiólogo irá avaliar, diagnosticar e realizar o tratamento adequado ao paciente que possui algum tipo de demência, junto da fonoaudiologia irão atuar fisioterapeutas e psicólogos.

O objetivo do fonoaudiólogo será realizado junto da família e de cuidadores, que serão orientados a lidar com o paciente que possua algum tipo de demência. Além de trabalhar para a correta alimentação e obtenção dos nutrientes necessários para uma boa qualidade de vida do paciente, principalmente em casos de demência onde a parte de deglutição é diretamente afetada pela doença.


Obrigado pela leitura!
Equipe Central da Fonoaudiologia.

Solicite uma ligação de nosso Atendimento
(inclusive aos fins de semana)